quarta-feira, 1 de julho de 2009

Escola de Educação Física da PM inicia comemorações do centenário


Carolina Canossa - São Paulo (SP)

O coronel Sebastião Alberto Corrêa de Carvalho é um dos organizadores das comemorações
A princípio, a Polícia Militar do Estado de São Paulo e o esporte brasileiro têm pouco em comum. Porém, enganam-se aqueles que pensam desta maneira: graças à criação, em 08 de março de 1910, da Escola de Educação Física (EEF), a corporação deu início a uma história que contribuiu bastante para o desenvolvimento das atividades físicas no Brasil.

Mais antigo estabelecimento de ensino que diploma professores de Educação Física em território nacional, a "Velha Escola" já está planejando as atividades para comemoração de seu centenário. Entre as atividades previstas estão uma grandiosa festa, a criação de um espaço "Memória", a composição de uma música especial para a ocasião, a apresentação de um concerto sinfônico, além da publicação de um livro com fotos e do "livro de ouro", recheado de histórias ocorridas durantes todos estes anos.

"Daqui saíram importantes figuras. O trabalho feito pela Escola de Educação Física é sensacional", constata Flávio Delmanto, presidente do Conselho Regional de Educação Física do Estado de São Paulo. "Várias pessoas já demonstraram para nós, no Conselho, o orgulho de terem se formado nesta instituição", lembra.

Conforme explica o coronel Sebastião Alberto Corrêa de Carvalho, ex-professor de atletismo e estudioso sobre o tema, a EEF surgiu após a chegada da Missão Militar Francesa, contratada pela então Província de São Paulo para ministrar instruções militares à Força Pública, entidade responsável à época por garantir a segurança da sociedade.

A despeito de uma resistência inicial (especialmente por parte de militares que se sentiram desafiados com o fato de estarem sendo instruídos por estrangeiros), os franceses ganharam a admiração dos brasileiros, que sentiram a necessidade de dar prosseguimento ao trabalho. Desde então, o sucesso da Escola tem sido visto de diversos ângulos.

"Convivemos com vários atletas oriundos da EEF que sempre estiveram representando bem o Brasil em competições internacionais", observa o coordenador de Esportes da Secretaria de Esporte, Lazer e Turismo do Estado de São Paulo, Nelson Gil de Oliveira. Entre os nomes de maior destaque está o de José Romão Andrade da Silva, detentor de diversos recordes brasileiros e sul-americanos em provas de fundo e meio-fundo na década de 70.

Alunos e convidados acompanharam atentos palestra sobre centenário da EEF da PM de São Paulo. E o treinador de Romão na EEF foi justamente o coronel Corrêa de Carvalho, que posteriormente, entre 1982 e 1984, ocupou o cargo de presidente da Federação Paulista de Atletismo (FPA).

"A Escola de Educação Física foi além dos limites da corporação e do estado. Já capacitamos PMs de outros lugares, já ajudamos na realização de seminários internacionais com atletas e técnicos da São Silvestre e também a promover junto com a Gazeta Esportiva a "Operação Juventude", importante competição de base de atletismo", comenta.

A importância da EEF vai além do esporte. "Se a tropa da PM não tivesse um condicionamento físico mínimo, ela nunca seria eficaz", destaca o coronel. "A atividade física não é só beleza estética e sim vida. O sedentarismo mata 300 mil pessoas por ano no Brasil por fatores que poderiam ser evitados com 30 minutos de atividade moderada por dia", afirma.
Justamente por isso, o coronel Corrêa de Carvalho promete empenhar-se muito na comemoração do centenário da EEF. "A festa não pode acabar em março. Vamos lutar para lançar este sentimento porque precisamos valorizar esta vitória", finaliza.

Foto: Fernando Pilatos/Gazeta Press (O coronel Sebastião Alberto Corrêa de Carvalho é um dos organizadores das comemorações)

Gazeta Esportiva.Net - O melhor Portal de esportes do Brasil
26 Jun 2009 ... Conforme explica o coronel Sebastião Alberto Corrêa de Carvalho, ex-professor de atletismo e estudioso sobre o tema, a EEF surgiu após a ...www.gazetaesportiva.net/nota/2009/.../585877.html

Um comentário:

moises disse...

gostaria de receber um mapa desse local porque moro em luziania proximo a brasilia ( Capital) e não conheço nada em são paulo, eu tenho que esta nesse local em março para os testes fisico da pm, eu vou de onibus e vou descer na rodoviaria se possivel mim mande um mapa abraços..ou algum local de referencia..