quinta-feira, 4 de setembro de 2008

Governo Chinês investe no atletismo



Ao analisar o baixo rendimento de seus atletas nas duas modalidades esportivas que mais conferem medalhas aos vencedores nos Jogos Olímpicos, o governo da China no dia seguinte ao término do grande evento, designou verbas para desenvolver um projeto para a evolução do atletismo e da natação.

Das 302 medalhas de ouro distribuídas em 41 modalidades esportivas, o atletismo é o esporte com o maior número de medalhas de ouro, seguida pela natação com 34 medalhas de ouro. O mesmo fato ocorreu com o Comitê Olímpico da Grã-bretanha que demitiu seu diretor-técnico e montou uma equipe formada por vários profissionais para o crescimento desses dois esportes uma vez que os próximos Jogos Olímpicos serão realizados na Grã-bretanha e m 2012 e eles não querem cometer o mesmo erro.

Isso sim é pensar para frente!

As competições não páram
A russa Elena Dementieva, 26 anos, campeã olímpica do tênis e o espanhol Rafael Nadal, 22 anos, nem bem saíram de Pequim já partiram para Nova York nos Estados Unidos onde participam do disputadíssimo torneio US Open que teve início no dia 25 de agosto e vai até o dia 7 de setembro.

No GP de Lausanne na Suíça, nossa campeã olímpica Maurren Maggi, 32 anos, foi a quarta colocada no salto em distância com 6m59. A portuguesa Naide Gomes que não se classificou para a final olímpica foi a vencedora com 6m77 e a russa medalha de ouro em Atenas e prata em Pequim com 7m03, Tatyana Lebedeva foi a segunda com 6m64.

O Jadel Gregório, sexto colocado em Pequim foi o vencedor do salto triplo com 17m30 a frente do português Nélson Évora, medalha de ouro em Pequim que ficou com a quarta colocação com a marca de 16m90.

Coisas do esporte!
Wanderlei de Oliveira

2 comentários: