quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Apagão aéreo


A crise em que vivem as companhias aéreas geraram sérios transtornos as pessoas que precisam desse tipo de transporte para negócios, viagens e lazer.

Perde-se muito tempo nos aeroportos.

Certa ocasião, quando isto não era comum. Fui obrigado a fazer um pouso forçado no aeroporto de Miami, nos Estados Unidos. Ao ser informado que ficaríamos mais de 3 horas parado, como bom corredor, sempre carrego uma mochila com tudo que é necessário para o treino.

Tinha calculado que ao chegar ao destino, daria tempo para correr em algum parque próximo ao hotel. Com a parada que não estava programada, chegaria somente à noite. Para não perder o dia de treino, fui até a polícia federal e perguntei se poderia correr dentro do aeroporto. Disseram que não. Aí fiz outra pergunta, e lá fora? Pode. Mas não cruze a pista de pouso e decolagem. Ok.

Em todos os aeroportos há locais para guarda volume e chuveiro. Deixei a mochila guardada e fui correr na pista.

Como ia demorar muito corri 90 minutos.

Foi uma sensação diferente, ver os aviões bem próximos. Ficava imaginando o que os passageiros deveriam estar pensando ao ver pela janela um sujeito correndo próximo à pista. Será que ele acha que pode voar.

Terminei tranqüilo. Alonguei. Tomei banho. E ainda deu tempo para um lanche antes de embarcar em nova aeronave.

Em todas as viagens internacionais, 48 horas antes, costumo pedir um cardápio especial para maratonista: - massa, verduras, frutas e sucos. A digestão é mais rápida e dá para tirar uma soneca. O bom disso é que você sempre é servido primeiro e os outros passageiros ficam pensando que você é um doente e requer atenção especial. Somos todos especiais. Só que poucos sabem disso. É um direito de todo passageiro.

Na crise aérea, consulte sempre um corredor.

6h29 da manhã. Vigésimo sétimo dia de fevereiro de 2008. Último dia do Circuit-training do primeiro semestre. Completamos a “fase básica 2”. A partir de segunda-feira dia 3 de março, daremos início à “fase específica”. Chegamos aos 621 quilômetros nos cinqüenta e oito dias do ano. A média esta em 10,7 quilômetros por dia. O acumulado total em 72.681 quilômetros.
Wanderlei de Oliveira

2 comentários:

By Less ;P disse...

Oie :)
Blog show
passa lá!
amei as noticias.
Bj da Less ;*

Harry disse...

Hi american,
I liked your distance: 72.682K...
Woool